sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Valha-nos a austeridade


Antunes Ferreira
A Standard & Poor’s desta vez não foi de modas: atirou a matar em todas as direcções na Europa e baixou o rating de muitos países, incluindo o de Portugal - que atirou para o lixo. Aliás, a Moody’s e a Fitch já o tinham feito também em relação ao nosso País. De fora ficaram muito poucos para não dizer apenas a Alemanha (que mantém o triplo A).

A agência apontou duas razões fundamentais para este cataclismo, e ambas são políticas. A primeira: o acordo conseguido na cimeira europeia de 9 de Dezembro «não produziu um avanço com dimensão e âmbito». A segunda: o processo de reforma «baseado unicamente no pilar da austeridade orçamental arrisca-se a tornar-se auto-liquidacionista». E com essa dinâmica pode disparar a «fadiga das reformas».

Pressuroso, o Governo (???) de Passos Coelho lamentou a decisão da Standard & Poor's de cortar o rating de Portugal de BBB- para BB, considerando-a «infundada». Num comunicado divulgado pelo gabinete do ministro das Finanças, o Governo afirmou que a decisão da agência correspondia «a uma quebra metodológica significativa», pois «parece ter substituído a sua análise individualizada por país por uma análise sistémica baseada na área do Euro, da qual decorrem avaliações que não reflectem adequadamente as realidades nacionais».

Se alguém conseguir explicar-me este arrazoado do ministro Gaspar ou, mais precisamente, do Executado, digo, Executivo que nos tenta executar, fico-lhe desde já muito grato. Um verdadeiro desaforo, um inaudito despautério. Os malandros da S&P permitem-se criticar a austeridade que, PC dixit, vai salvar Portugal. De quem?



11 comentários:

  1. Prezado jornalista Henrique Antunes Ferreira!
    Também lamentei este fato pernicioso que deixa os habitantes destes países com a autoestima em baixa.
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  2. Henriquamigo
    Que vês quando chegas à janela? Caixotes de lixo meio cheios, com montes de lixo em volta.
    Que vês na televisão e nos jornais? Lixo.
    Onde querias que metessem os bancos? Claro que tinham que estar no lixo.
    No lixo andamos nós a chafurdar há muito. Até os governantes são lixo. Por isso, quem impera neste "Jardim à beira mar plantado"? Não, já não é o Salazar. É o Lixo.
    Tem paciência, que eu faço os possíveis para também ter.
    Dantes, chamavam-nos Fascistas. Agora, somos LIXO.
    Abçs, beijinhos e queijinho para tu.
    Maria

    ResponderEliminar
  3. Concordo com o sacramentário da Maria, pelo que escuso de o repetir, mas há ainda pior.

    A maior cabra que jamais existiu na política portuguesa e fora dela, ordinária, extremamente mal-educada, de maus fundos, de espírito iníquo comido por uma malvadez congénita e que no seu tempo já começara a destruir a sociedade, acha que o direito à vida dos portugueses termina aos 70 anos de idade. A não ser que tenham dinheiro. Caro HAF, se também não tem dinheiro suficiente para cuidar da sua saúde, ela diz-lhe também a si que já cá anda a mais.

    http://www.youtube.com/watch?v=S3ENhaYD4Aw

    http://www.google.pt/search?q=Manuela+Ferreira+Leite+di%C3%A1lise&ie=utf-8&oe=utf-8&aq=t&rls=org.mozilla:en-GB:official&client=firefox-a

    ResponderEliminar
  4. O Cavaco, se reeleito à 1.ª volta, o que veio a acontecer, garantia o acalmar dos mercados. O Passos adiantava que um novo governo, o dele, inverteria a tendência do malvado mercado. E até um tal Moedas opinava que com ele no governo (está lá?) a coisa ia melhorar a olhos vistos. Está visto, lido e respigado.

    ResponderEliminar
  5. "...mais precisamente, do Executado, digo, Executivo que nos tenta executar..." - bem! o que eu gosto desta frase! estão mesmo a executar o país! Ah! faço minhas as palavras do comentador 500 - estes fulanos do PSD são como o Jorge de Jesus - ignorantes que nem uma porta. mas inchados que nem perus e emplumados que nem pavões!

    ResponderEliminar
  6. Ninguém lhe pode explicar aquilo que a pessoa que diz,
    também não sabe o que diz!

    Maria luísa

    ResponderEliminar
  7. Ame a vida e os bons amigos, pois a vida é curta e os bons amigos são poucos.
    Te desejo um ótimo fim de semana beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. Lo cierto, es que en casi todos los pueblos , los bribones y los miserables con 'su basura' a cuestas, nos han invadido e infectado.

    ¡Feliz semana! que la vida es corta!
    Besos.

    ResponderEliminar
  9. Lo cierto, es que en casi todos los pueblos , los bribones y los miserables con 'su basura' a cuestas, nos han invadido e infectado.

    ¡Feliz semana! que la vida es corta!
    Besos.

    ResponderEliminar